Casas em Lisboa desde 150 euros. As candidaturas já estão abertas

A Câmara Municipal de Lisboa lançou o primeiro concurso do Programa de Renda Acessível e as candidaturas podem ser feitas até janeiro.

As candidaturas para o Programa de Renda Acessível da Câmara Municipal de Lisboa abriram esta quinta-feira, às 9h00. O primeiro concurso tem 120 casas disponíveis e fecha no dia 30 de janeiro de 2020.

De acordo com a câmara, o valor de um T0 varia entre 150 e 400 euros, o preço de um T1 situa-se entre 150 e 500 euros e um T2 terá um preço que pode ir dos 150 aos 600 euros, enquanto as tipologias superiores contarão com uma renda mínima de 200 euros e máxima de 800.

A câmara estipulou requisitos obrigatórios para a candidatura a uma renda acessível. Além de ser necessário ter mais de 18 anos e ter um título de residência em território nacional, há pontos a ter em conta:

- O Rendimento Global em função da composição do Agregado Habitacional deve ter um valor compreendido entre o mínimo e o máximo dos parâmetros aplicáveis ao programa selecionado

- Ter demonstração de liquidação de IRS do último ano fiscal

- Nenhum elemento pode ser proprietário, usufrutuário, ou detentor a outro título de prédio urbano ou fração autónoma de prédio urbano destinado a habitação localizado na Área Metropolitana de Lisboa (AML), salvo se estiverem impedidas legalmente de a ocupar ou se a mesma não estiver em condições de satisfazer o fim habitacional.

As inscrições devem ser feitas no site criado pela autarquia para todos os programas de habitação: renda acessível, arrendamento apoiado e subsídio municipal ao arrendamento acessível.

No próximo ano serão abertos novos concursos.


Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de