Centenas de restaurantes vão encerrar em protesto no Natal e passagem de ano

A obrigatoriedade de apresentação de um teste negativo para frequentar os restaurantes nos dias 24, 25, 30 e 31 de dezembro e 1 de janeiro motiva este protesto para que já se mobilizaram "centenas de restaurantes".

O presidente da PRO.VAR, Daniel Serra, disse esta quarta-feira à Lusa que várias centenas de restaurantes vão encerrar em protesto no Natal e passagem de ano, e insistiu na reversão das medidas anunciadas pelo Governo na terça-feira.

"Estamos neste momento em conversa com muitos empresários e, neste momento, está aqui uma posição com alguma dimensão: muitos restaurantes vão encerrar em protesto", afirmou Daniel Serra, sem adiantar um número exato de restaurantes que pretendem encerrar nas semanas do Natal e da passagem de ano, mas garantindo que "várias centenas" já comunicaram a intenção à associação PRO.VAR - Promover e Inovar a Restauração Nacional.

Segundo o responsável, tendo em conta o número de testes à Covid-19 que estão a ser feitos diariamente, 133 mil, e dado que passa a ser obrigatória a apresentação de um teste negativo para frequentar restaurantes nos dias 24, 25, 30 e 31 de dezembro e 1 de janeiro, apenas um em cada três portugueses estará em condições de o fazer.

"É um valor quase residual, a maioria dos portugueses não terá condições", apontou o responsável, acrescentando que para muitos empresários, abrir portas naquelas semanas, "é perder dinheiro".

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de