Compra de lenha triplicou. "Em 40 anos não tenho ideia de um ano assim"

Com o frio, a procura por lenha para as lareiras quase triplicou e os fornecedores também começam a não conseguir responder a todos os pedidos.

Fernando Dias é proprietário de um estabelecimento de venda de lenha em Cascais, e conta que, em 40 anos de negócio, nunca viu nada assim.

"Triplicou a procura, com filas, muita procura... Só para ter uma ideia, ando nisto há 40 anos e não tenho ideia de um ano como este. Aponto duas razões: o frio que se tem estado a sentir e o Covid, porque as pessoas ficam mais em casa, consomem muito mais lenha, não querem ter a lareira apagada e passar frio."

Fernando Dias explica que optou por não limitar a quantidade de lenha que cada pessoa pode comprar, mas já esgotou o stock de 1200 toneladas. "O stock de lenha costuma dar até março, abril, e posso dizer que já não tenho lenha. Estamos a falar de 1200 toneladas. As pessoas vêm e, se querem levar 200 kg, levam... Quando acabar, acabou! Depois, vamos buscar mais lenha aos nossos fornecedores, mas eles também estão em rutura de stock. Na próxima semana, vou ao Alentejo buscar mais lenha e só arranjo porque é um fornecedor a quem compro em grande quantidade, entre 350 a 400 toneladas de lenha só desse fornecedor.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de