Confiança dos consumidores aumenta e clima económico diminui em setembro

Segundo o INE, "os indicadores de confiança diminuíram em setembro na construção e obras públicas, no comércio e nos serviços".

O indicador de confiança dos consumidores voltou a aumentar em setembro, aproximando-se dos valores pré-pandemia, enquanto o indicador de clima económico diminuiu, segundo os dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

"O indicador de confiança dos consumidores aumentou em agosto e setembro, após ter diminuído em julho, aproximando-se dos valores pré-pandemia registados no início de 2020", refere o INE.

Já "o indicador de clima económico diminuiu em setembro, apresentando um comportamento irregular desde julho, quando se interrompeu a recuperação observada desde março", acrescenta.

Em setembro, o indicador de confiança dos consumidores recuperou para os -9,9 pontos, face aos -11,9 pontos de agosto e aos -17,0 pontos de julho, enquanto o indicador de clima económico recuou de 1,9 pontos em agosto para 1,6 pontos.

Segundo o INE, "os indicadores de confiança diminuíram em setembro na construção e obras públicas, no comércio e nos serviços, sobretudo no último caso, enquanto na indústria transformadora o indicador aumentou, contrariando a diminuição observada no mês anterior".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de