Consumidores e empresários recuperam confiança

A melhoria dos indicadores de confiança e de clima em março e abril "ocorreu num contexto de abrandamento significativo dos efeitos sobre a saúde pública da pandemia Covid-19 face ao observado nos meses anteriores", justifica o INE.

A melhoria dos indicadores de confiança e de clima em março e abril "ocorreu num contexto de abrandamento significativo dos efeitos sobre a saúde pública da pandemia COVID-19 face ao observado nos meses anteriores", justifica o INE.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), em abril, o indicador de confiança dos Consumidores "aumentou significativamente", à semelhança do mês anterior, aproximando-se do nível observado em março de 2020.

"A evolução do último mês resultou sobretudo do contributo positivo das expectativas relativas à evolução futura da situação económica do país, tendo as expectativas relativas à evolução futura da realização de compras importantes e da situação financeira do agregado familiar também contribuído positivamente, enquanto as opiniões sobre a evolução passada da situação financeira do agregado familiar registaram um contributo nulo", na opinião do INE.

O indicador de clima económico "aumentou de forma expressiva" em março e abril, superando ligeiramente o nível observado no início da pandemia (março de 2020).

Em abril, os indicadores de confiança aumentaram na Indústria Transformadora, na Construção e Obras Públicas, no Comércio e nos Serviços.

O comportamento do indicador de confiança nos Serviços resultou do "contributo positivo de todas as componentes, perspetivas relativas à evolução da procura, apreciações sobre a evolução da carteira de encomendas e apreciações sobre a atividade da empresa, significativamente no primeiro caso", de acordo com o INE.

"Em abril, os indicadores de confiança aumentaram em sete das oito secções dos Serviços, destacando-se as secções de Atividades imobiliárias, de Atividades artísticas, de espetáculo, desportivas e recreativas e de Atividades de informação e de comunicação", mostram os dados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de