Crianças pobres com mais 50 euros por mês

Para combater a pobreza infantil o Governo cria a chamada "Garantia para a Infância"

Para apoiar as famílias com filhos e combater a pobreza na infância, o Governo vai criar a Garantia para a Infância. Através desta medida, são garantidos 50 euros por mês, nos próximos dois anos, por cada criança ou jovem até aos 17 anos.

Os pais vão receber 600 euros por ano através das deduções fiscais por filho, seja através do abono de família, seja através de um complemento até chegar a este valor, já no caso das famílias em situação de pobreza extrema, por cada criança ou jovem até aos 17 anos, os pais recebem 1200 euros por ano.

De acordo com o Governo isto implica um aumento fortíssimo do abono de família, que até 2023 vai duplicar de 50 euros mensais para 100 euros para as crianças entre os 3 os 6 anos, e quase triplica para os filhos acima dos 6 anos.

Por outro lado a dedução fiscal a partir do segundo filho, que em 2020 já tinha sido majorada para 900 euros relativamente às crianças até aos 3 anos, este ano verá esta majoração ser alargada de forma faseada até aos 6 anos de idade.

LEIA AQUI TUDO SOBRE O OE 2022

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de