Défice cai para 1,3% ajudado pela inflação e novo excedente em 2023

O Conselho das Finanças Públicas melhora as projeções para o défice orçamental deste ano para 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

O défice deverá fixar-se em 1,3% este ano, 0,6 pontos percentuais (p.p.) abaixo da meta do Governo, ajudado pela inflação, e Portugal poderá voltar a atingir um excedente orçamental de 0,1% em 2023, segundo estimativas do CFP, esta quinta-feira divulgadas.

No relatório de atualização das perspetivas económicas e orçamentais 2022-2026, baseado em políticas invariantes, o Conselho das Finanças Públicas (CFP) melhora as projeções para o défice orçamental deste ano para 1,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

Esta é uma revisão face aos 1,6% que a instituição projetava em março, mas significa também uma melhoria face aos 1,9% previstos pelo Governo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de