Diretor de Finanças do Porto pede demissão e ministério aceita "prontamente"

O pedido de demissão vem na sequência da "Ação sobre rodas".

O diretor de Finanças do Porto colocou esta quinta-feira o seu lugar à disposição, na sequência da "Ação sobre rodas", e o seu pedido de demissão sido "prontamente aceite" pelo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, anunciou o Ministério das Finanças.

"Na sequência da forma como decorreu a 'Ação sobre rodas', desenvolvida pela Direção de Finanças do Porto, para preservar a Autoridade Tributária e Aduaneira enquanto instituição de reconhecida relevância, o Diretor de Finanças do Porto decidiu colocar hoje o seu lugar à disposição, tendo a sua demissão sido prontamente aceite pelo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais", refere o Ministério das Finanças em comunicado.

O pedido de demissão produz efeitos a partir de 1 de junho, precisa o mesmo comunicado.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados