Dívida pública cai em 900 milhões de euros em outubro

O Banco de Portugal explica que Portugal beneficiou do reembolso antecipado de 2 mil milhões de euros aos credores europeus.

A dívida pública cifrou-se em 251,4 mil milhões de euros em outubro, menos 900 milhões de euros do que no final de setembro, beneficiando do reembolso antecipado de 2 mil milhões de euros aos credores europeus.

Segundo um anúncio do Banco de Portugal, esta segunda-feira, para esta diminuição "contribuiu essencialmente a redução das responsabilidades em empréstimos, redução essa que se deveu ao reembolso antecipado de 2 mil milhões de euros de empréstimos obtidos no âmbito da Facilidade Europeia de Estabilidade Financeira (FEEF) do Programa de Assistência Económica e Financeira e que foi, em parte, compensada pelo aumento de títulos de dívida".

Em relação à dívida pública líquida de depósitos, o Banco de Portugal afirma que esta registou um aumento de 1,9 mil milhões de euros em relação a setembro, totalizando 234,2 mil milhões de euros, porque os ativos em depósitos das administrações públicas diminuíram 2,8 mil milhões de euros.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados