Empresa de trabalho portuário de Lisboa vai pedir insolvência

Estivadores iniciaram uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso.

A Associação de Empresas de Trabalho Portuário de Lisboa (A-ETPL), empresa de cedência de mão-de-obra às sete empresas de estiva do Porto de Lisboa, vai pedir a insolvência devido à situação financeira em que se encontra, foi esta quinta-feira anunciado.

"A A-ETPL, reunida em assembleia geral, decidiu pedir a insolvência da associação, face à situação financeira em que esta se encontra, e face à impossibilidade de encontrar soluções para a sua viabilização com o sindicato representante dos trabalhadores", refere um comunicado enviado à Lusa.

A insolvência foi anunciada um dia depois dos estivadores do Porto de Lisboa terem iniciado uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso e incumprimento dos acordos celebrados por parte da A-ETPL.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de