Empresas ponderam sair do país devido ao aumento do preço da energia

O presidente da Associação Empresarial de Portugal lembra que há empresas que gastam meio milhão de euros por mês em energia.

A Associação Empresarial de Portugal (AEP) denuncia que já há empresas que estão a ponderar trocar Portugal por outros países. O Jornal de Negócios escreve que, em causa, está o aumento galopante do preço da energia nos últimos meses.

O presidente da AEP afirma que há, pelo menos, uma multinacional que está a pensar mudar-se para outro país, em busca de energia mais barata. Luís Miguel Ribeiro explica ao Jornal de Negócios que esse custo está a pôr em causa "a carteira de encomendas, os compromissos assumidos e a competitividade com outros países" onde não se paga tanto.

O líder da AEP lembra que há empresas que gastam meio milhão de euros por mês em energia, por isso, os aumentos dos últimos meses têm um grande impacto na atividade delas.

Agora, em outubro, o valor médio do megawatt no mercado grossista ibérico supera os 200 euros, quase quatro vezes mais do que em janeiro. No início do ano, estava nos 60 euros.

Luís Miguel Ribeiro apela ao Governo e, em concreto, ao Ministério do Ambiente que seja "solidário" com as empresas, isto é, abdicar de uma parte da receita fiscal, porque "metade da fatura da eletricidade são taxas e impostos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de