Dívida atinge valor recorde. Estado engorda endividamento português

O endividamento do setor não financeiro é agora de 736,6 mil milhões de euros, o maior desde 2007.

De acordo com o Boletim Estatístico do Banco de Portugal, publicado esta terça-feira, "em agosto de 2020, o endividamento do setor não financeiro situou-se em 736,6 mil milhões de euros, dos quais 334,4 mil milhões de euros respeitavam ao setor público e 402,2 mil milhões de euros ao setor privado".

Comparativamente com julho de 2020, "o endividamento do setor não financeiro aumentou 1,7 mil milhões de euros", revela o BdP.

Este valor é o mais alto desde o início desta série do Banco de Portugal, em 2007.

"Este aumento deveu-se ao acréscimo de 2,3 mil milhões de euros do endividamento do setor público", sublinha.

Já na comparação homóloga, com o mês de agosto de 2019, o endividamento do setor não financeiro da economia aumentou 14.928 milhões de euros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de