Eurobic desde 2015 no radar do Banco de Portugal

As campainhas do Banco de Portugal já tinham tocado há quatro anos para sinalizar os riscos do EuroBic no branqueamento de capitais.

Esta quarta-feira na Assembleia da Republica o Governador do BdP, Carlos Costa, confessou aos deputados que não foi por ação do Luanda Leaks que o EuroBic passou a estar no radar do Banco central.

Já em 2015 o Banco usado por Isabel do Santos foi alvo de uma ação inspectiva de prevenção de branqueamento de capitais. De acordo com o Governador do BdP desta supervisão "resultaram 52 determinações, 6 recomendações e um processo de contraordenação" e passados 4 meses o Banco de Portugal verificou que 60% das medidas estavam por realizar.

Assim, "nós iniciámos um processo de diálogo com o Conselho de Administração no sentido de os forçar a adotar as medidas rapidamente porque tinham apresentado um plano mas um plano tem um tempo e o calendário do plano não correspondia ao nosso objetivo".

Carlos Costa não revela se esta pressão teve algum efeito mas admite que foi por ação do BdP que a administração proposta para o EuroBic para o mandato de 2016 a 2019 não foi aceite "em resultado direto da intervenção do Banco de Portugal" e da "recusa em aceitar os nomes que tinham sido propostos".

Esta atuação do Banco de Portugal resultou numa diminuição do número de membros no Conselho de Administração relacionados com os acionistas qualificado mas isso não fez com que terminassem as ações de supervisão no EuroBic.

Em novembro de 2019, dois meses antes do Luanda Leaks, é feita uma nova ação de inspeção no EuroBic.

O banco vai ser vendido na quase totalidade aos espanhóis do Abanca; um negócio para o qual Carlos Costa não vê problemas mas expressa o desejo "de ter um pilar bancário com maior força e ancorado no mercado português" porque as entidades que estrangeiras "tendem a reduzir a atividade nos pontos mais periféricos" quando surgem situações de crise.

O Governador do BdP adianta que o Abanca é credível e tem interesse" para o futuro do EuroBic.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de