Fábrica da Peugeot e da Citroën de Mangualde pronta para retomar produção

PSA de Mangualde está sem produzir desde o dia 18 de março.

Ainda não tem data para retomar a produção, mas a fábrica da Peugeot Citroën de Mangualde tem tudo pronto. Esta terça-feira foi apresentado o protocolo de proteção e saúde. São mais de cem medidas que incluem, por exemplo, várias paragens para desinfetar as ferramentas.

A PSA de Mangualde está sem produzir desde o dia 18 de março. Jorge Magalhães, porta-voz da empresa, explica que as medidas de proteção tiveram por base a fábrica na China e diz que este é o protocolo de proteção mais forte de sempre.

"Em primeiro lugar, o nível máximo de proteção dos trabalhadores que, para nós, é a prioridade número um e ponto assente. Em segundo lugar, podermos comercializar as viaturas que aqui produzimos, sendo que há uma particularidade importante neste centro de produção de Mangualde, que é o facto de a maioria das viaturas que produzimos serem comerciais", explicou à TSF Jorge Magalhães.

O porta-voz da fábrica de Mangualde diz que ainda não consegue fazer uma previsão do impacto económico desta paragem na produção. Jorge Magalhães diz que a retoma da atividade ainda não tem data, mas vai ser gradual.

"A higienização permanente, o controlo dos sintomas dos trabalhadores - aliás, o protocolo começa efetivamente a partir de casa dos trabalhadores - e sinalizações no solo para se manter o distanciamento social. São inúmeras as medidas que levaram à alteração dos fluxos das pessoas na fábrica e o processo de laboração", acrescentou o porta-voz da fábrica da Peugeot Citroën de Mangualde.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de