Gasolina sobe 17 cêntimos e gasóleo 20 cêntimos ao longo de 2021

O maior aumento verificou-se entre o primeiro e o segundo trimestre, com a gasolina a ser vendida por mais 21 cent/l do que a média da União Europeia.

A gasolina vendida em Portugal era, no final de 2021, em média 17 cêntimos mais cara do que no início do ano, enquanto o gasóleo encareceu 20 cêntimos ao longo do ano, segundo dados da ERSE.

De acordo com dados da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), no primeiro trimestre de 2021, em Portugal, a gasolina simples 95 foi vendida, em média, por 1,501 cêntimos por litro (cent/l) e chegou ao final do ano com um preço médio de venda de 1,669 cent/l, o que representa um aumento de quase 17 cêntimos ao longo do ano.

No caso do gasóleo simples, no primeiro trimestre do ano passado, o preço médio de venda ao público fixou-se em 1,324 cent/l, tendo o aumento sido de 20 cêntimos até ao final do ano, para 1,520 cent/l, segundo os dados boletins trimestrais dos preços dos combustíveis nos 27 países da União Europeia (UE).

Comparativamente à média da UE, a diferença do preço da gasolina nas bombas portuguesas também se acentuou do início para o fim do ano passado, em mais 13 cêntimos por litro (cent/l), uma vez que era mais cara 4 cent/l, no mercado nacional, no 1.º trimestre, passando a ser superior em 17 cent/l, nos últimos três meses de 2021.

No sentido oposto, o preço médio antes de impostos, passou de ser superior em 20 cent/l à média europeia, no primeiro trimestre, para dois cent/l, no quarto trimestre.

Assim, Portugal apresentava, nos primeiros três meses do ano passado, uma carga fiscal no preço médio de venda da gasolina 95 simples na ordem dos 63%, três pontos percentuais acima da média registada na UE.

Já no último trimestre, a carga fiscal associada à gasolina em Portugal baixou para 57%, mas a diferença para a média da UE aumentou, uma vez que esta também diminuiu para 53%.

O maior aumento sentiu-se entre o primeiro e o segundo trimestres, com a gasolina a ser vendida por mais 21 cent/l, em Portugal, em abril, maio e junho, do que a média da UE.

Comparando com Espanha, Portugal começou o ano a vender gasolina 25 cent/l mais cara do que no país vizinho.

Porém, no primeiro trimestre, desconsiderando o efeito fiscal, o preço médio daquele combustível no mercado nacional foi inferior em cerca de um cent/l aos valores praticados em Espanha.

Já no último trimestre de 2021, o preço médio de venda em Portugal foi cerca de 21 cent/l superior ao de Espanha, mas, desconsiderando os impostos, o preço praticado no mercado nacional foi inferior em cerca de três cent/l.

Por outro lado, a diferença entre o preço do gasóleo vendido em Portugal e o da média da EU diminuiu do início para o fim do ano passado, tendo passado de mais caro 11 cent/l e 0,7 cent/l, com e sem impostos, respetivamente, no primeiro trimestre, para superior em sete cent/l aos valores médios da EU e inferior em 2 cent/l sem impostos.

Segundo os dados da ERSE, Portugal fechou o último trimestre do ano na oitava posição dos países que venderam gasolina 95 simples mais cara na UE, e na décima dos que venderam gasóleo mais caro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de