Governo suspende subida da taxa de carbono. Autovoucher mantém-se até mercado estabilizar

Fique a par de todas as medidas anunciadas pelo Governo.

António Mendonça Mendes, secretário de Estado Adjunto dos Assuntos Fiscais, anunciou esta sexta-feira novas medidas do Governo para fazer face ao aumento do preço dos combustíveis. Entre as três principais medidas está suspensão da subida da taxa de carbono até, pelo menos, 30 de junho de 2022.

As restantes medidas são um "mecanismo que impede o estado de ter receita adicional de IVA com o preço dos combustíveis, sendo esse aumento devolvido por via do ISP" e a subsidiação mensal do aumento do preço dos combustíveis correspondente a um desconto de 0,40 cêntimos por litro num depósito de 50 litros.

No que toca ao autovoucher, mais de 420 mil portugueses inscreveram-se na última semana. O Governo garantiu que a medida se vai manter até o mercado estabilizar e será avaliada regularmente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de