Groundforce. Alfredo Casimiro despede e ameaça processar ex-CEO

Groundforce destitui Neto Leite por "atos que lesaram a empresa" pautados por "jogadas e intrigas políticas" e não afasta a hipótese de responsabilizá-lo criminalmente por gestão danosa.

É mais um capítulo no clima de guerra - interna e externa - da Groundforce. A Assembleia Geral de acionistas da empresa de assistência aeroportuária decidiu por unanimidade, "a destituição por justa causa e com efeitos imediatos do Eng. Paulo Leite, que foi até há pouco o CEO da empresa".

Neto Leite ocupou até há poucas semanas o cargo de presidente executivo da empresa, mas foi destituído do cargo por Alfredo Casimiro, que assumiu o cargo, acumulando-o com o de presidente não executivo, num clima de tensão interna. Manteve-se, no entanto, como administrador sem funções executivas. Até hoje, dia em que foi destituído também dessas funções.

Em comunicado a companhia justifica a decisão com "a prática de sucessivos atos de gestão que lesaram a empresa, bem como de notícias alimentadas pelo próprio e nunca desmentidas, que contribuíram para a deterioração do ambiente interno e da relação entre os seus acionistas".

Neto Leite, que já tinha sido destituído do cargo de presidente executivo - que Alfredo Casimiro entretanto assumiu - teve, no entender dos acionistas, uma atuação "pautada por jogadas e intrigas políticas, por omissão de informação, por mentiras e por manobras pérfidas que tiveram como único objetivo a desestabilização da empresa, o prejuízo da imagem púbica e privada dos seus acionistas, para que, enfim, pudesse operar o tão noticiado "Management Buyout" que só a ele interessava e que pretendia afastar de cena o acionista que o tinha nomeado".

Os acionistas acrescentam que a conduta de Neto Leite "está a ser objeto de uma rigorosa auditoria legal e o Conselho de Administração da Pasogal não afasta a hipótese de o vir a responsabilizar criminalmente por gestão danosa, designadamente pela utilização e divulgação a terceiros de informação sigilosa da empresa e dos seus acionistas, obtida no âmbito das suas funções de Administrador".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de