"De um dia para o outro, baixou quatro euros." Sardinha está "boa e barata"

Nos primeiros dias, a sardinha era "aguada", garantem as vendedoras. Agora, mais barata depois da noite de Santo António, está também mais apetitosa.

"Freguês, há cá sardinha linda." Depois da noite de Santo António, ainda se ouve o pregão das vendedoras no mercado de Benfica.

Agora, dizem à TSF, há ainda mais vantagens em comprar o peixe. Está a "cinco euros o quilo, barata, muito barata". O preço da sardinha está mais baixo. Esta quarta-feira custava nove euros. "De um dia para o outro, baixou quatro euros", diz uma vendedora.

O peso nas carteiras é, segundo as trabalhadoras da lota, da responsabilidade dos intermediários, que encarecem o peixe, passado "de mão em mão": "Faz este sábado duas semanas que a sardinha estava a 11 euros e 90. Era um preço exorbitante. Depois as pessoas culpam-nos a nós, mas a sardinha estava a sair da lota a um euro e tal, dois euros."

Quem a viu e quem a vê, também no que toca à qualidade. Nos primeiros dias, a qualidade deixava a desejar. Esta quinta-feira já "está boa". "Olhe para aqui, que linda!", exclama Luísa Proença, sobre a sardinha nacional, proveniente de Peniche.

Ainda assim, escolher uma boa sardinha tem truque: "A cabeça não pode estar vermelha, com a chamada gravata. Tem que se olhar para o olho e ver a cor da sardinha, tem de ser prata."

Já no prato, o peixe está bom "quando a pele sai por completo".

Glória, também vendedora no mercado de Benfica, garante que a sardinha, a rainha prateada dos santos populares, agora "está linda".

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de