Etiquetas "Made in Portugal" aumentam em 28% o valor de um sapato

Conclusão de um estudo da Universidade Católica.

O facto de um sapato ter a etiqueta "Made in Portugal" aumenta o valor do produto em 28%. A conclusão é de um estudo da Universidade Católica que tentou ver o que mudou no calçado português nos últimos anos, depois de décadas a ser um produto mal visto lá fora, como explicou à TSF Paulo Gonçalves, da Associação Portuguesa de Industriais do Calçado.

"Quando há 15 anos fizemos o primeiro estudo desta natureza, em que um cliente internacional olhava para um par de sapatos e estaria disponível a oferecer 100 euros, quando no final revelávamos a origem, automaticamente o preço decrescia 30%, o que equivale a dizer que as nossas empresas eram altamente penalizadas", afirmou Paulo Gonçalves.

Dez anos depois do lançamento da primeira campanha internacional, Paulo Gonçalves garantiu que nos últimos tempos os números mudaram. As fábricas de calçado português exportam, atualmente, dois mil milhões de euros por ano em sapatos para mais de 160 países.

"É um sentimento de missão cumprida e estes resultados só foram possíveis depois de décadas e décadas de investimento", acrescentou o responsável da Associação Portuguesa de Industriais do Calçado.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de