Quem é Bruno Fialho, o "amigo" escolhido para ser o mediador dos motoristas?

Francisco São Bento anunciou a chegada de um mediador que represente os motoristas, trata-se de Bruno Fialho.

Bruno Fialho é o homem escolhido pelos motoristas para ajudar a ultrapassar o conflito com a ANTRAM.

O mediador é vice-presidente do SNPVAC e tripulante de cabine. Com formação em direito, o dirigente sindical já exerceu advocacia, mas agora não o faz.

Luciana Passo, presidente do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo e Aviação Civil (SNPVAC), acredita que é uma boa decisão.

"É uma pessoa com muitos anos de experiência sindical e de negociação, há muitos anos que está na direção, mas foi também delegado sindical. É uma pessoa que, perante toda esta vida que tem tido ao longo destes 17 anos, foi convidado para dar uma ajuda na mediação entre motoristas e Governo", conta Luciana Passo em declarações à TSF.

"Tendo em conta a experiência que tem, espero que seja [decisivo] e que saíamos todos a ganhar com esta mediação. Espero que a presença dele faça diferença", afirmou a sindicalista.

Na opinião da presidente do sindicato, trata-se de uma "boa aposta", nomeadamente por serem duas profissões de desgaste rápido.

"Nós queremos a profissão de desgaste rápido e já entregámos uma petição e fomos ao Parlamento discuti-la e será discutida e votada em plenário. Os motoristas também querem essa profissão de desgaste rápido e quanto a nós têm todo o direito a ela", explica.

Além disso, acrescenta, "há sempre uma questão de solidariedade em relação aqueles que precisam de outros sindicatos e atividades".

O nome de Bruno Fialho foi anunciado esta tarde por Francisco São Bento, presidente do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP). "É um amigo, um consultor que nos acompanhou e veio dar o contributo nesta solução", frisou.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de