Motoristas de matérias perigosas desconvocam greve

A decisão foi anunciada após um plenário de trabalhadores, em Aveiras de Cima, que durou três horas.

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) anunciou hoje que decidiu desconvocar a greve que iniciou na segunda-feira, dia 12.

Na moção aprovada durante um plenário os motoristas decidiram ainda mandatar a direção do sindicado para "caso a ANTRAM demonstre uma postura intransigente", na reunião agendada para terça-feira, tomar medidas como "a convocação de greves às horas extraordinárias, fins de semana e feriados", até que os interesses dos motoristas sejam efetivamente assegurados.

A decisão de desconvocar a greve foi anunciada pelo presidente do SNMMP, Francisco São Bento, no final de um plenário de trabalhadores do sindicato, que decorreu esta tarde em Aveiras de Cima e que durou cerca de três horas.

A paralisação, que começou na segunda-feira, dia 12, foi inicialmente convocada pelo SNMMP e pelo Sindicato Independente dos Motoristas (SIMM), mas este último desconvocou o protesto na quinta-feira à noite, após um encontro com a ANTRAM sob mediação do Governo.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de