Já recebeu o apoio de 125 euros? Excesso de acessos provoca falha no Portal das Finanças

Contribuintes estão a tentar confirmar no site das Finanças se a transferência do apoio extraordinário já foi emitida.

Muitas pessoas tentaram esta manhã aceder em simultâneo ao Portal das Finanças, provocando uma sobrecarga no sistema.

Isto no dia em que o apoio de 125 euros a titulares de rendimentos até 2.700 euros brutos mensais começa a ser pago pela Autoridade Tributária e Aduaneira, chegando neste primeiro dia de pagamento a 500 mil pessoas.

Através do site das Finanças é possível confirmar se a transferência do apoio extraordinário já foi emitida ou se ainda se "aguarda pagamento". Mas se até agora era possível obter esta informação facilmente, na última hora o excesso de acessos sobrecarregou o site.

"A funcionalidade a que tentou aceder está temporariamente indisponível. Pedimos desculpa pelo incómodo, seremos tão breves quanto possível", pode ler-se.

Em declarações à RTP, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, admite dificuldades no acesso ao portal, algo que, diz, "é normal", até porque costuma suceder-se também durante as campanhas de IRS.

"Temos tido muitos acessos e quando o portal tem muitos acessos, naturalmente fica muito sobrecarregado e [os contribuintes] podem não aceder à primeira. Podem fazê-lo com tranquilidade durante o dia e aceder para ver o estado de situação", apela.

Quanto ao pagamento do apoio extraordinário aos rendimentos de 125 euros (titular principal) e de 50 euros (por dependente), pago a um ritmo de 500 mil por dia a partir desta quinta-feira, António Mendonça Mendes garante que está a "decorrer com a normalidade que estava prevista".

"Temos 500 mil pessoas que hoje têm essa transferência bancária já disponível. Aquilo que dizemos a todas as pessoas é que podem consultar no Portal das Finanças a sua situação, saber se tem direito a receber os 125 euros e em que estado é que está a sua transferência, se já foi executada ou não."

Também esta quinta-feira foram reportadas falhas nos serviços de homebanking, com o acesso a aplicações de vários bancos indisponível durante a manhã, mas nenhuma instituição bancária confirmou dever-se ao excesso de acessos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de