Leitura do acórdão do julgamento de Ricardo Salgado marcada para 7 de março

A defesa solicitou a absolvição de Ricardo Salgado, com o advogado Francisco Proença de Carvalho a refutar a prova efetuada pelo MP e a criticar o "pedido desumano" de prisão.

O coletivo de juízes presidido por Francisco Henriques agendou nesta terça-feira para 7 de março, às 16h00, a leitura do acórdão do julgamento do antigo presidente do BES, Ricardo Salgado, no processo separado da Operação Marquês.

Na nona sessão do julgamento em curso no Tribunal Central Criminal de Lisboa, na qual o ex-banqueiro, de 77 anos, esteve presente pela primeira vez ao longo deste processo, o Ministério Público (MP) pediu, através do procurador Vítor Pinto, uma pena de prisão não inferior a dez anos para o antigo líder do BES.

Por sua vez, a defesa solicitou a absolvição de Ricardo Salgado, com o advogado Francisco Proença de Carvalho a refutar a prova efetuada pelo MP e a criticar o "pedido desumano" de prisão que foi feito, lembrando a idade do arguido e o diagnóstico de Doença de Alzheimer que lhe foi atribuído.

Ricardo Salgado responde neste julgamento por três crimes de abuso de confiança, devido a transferências de mais de dez milhões de euros no âmbito da Operação Marquês, do qual este processo foi separado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de