Autoeuropa suspende produção. Maioria das fábricas da Volkswagen na Europa fecha

O presidente da Volkswagen não detalhou o calendário de encerramento, mas os sindicatos do setor indicaram que a produção será suspensa a partir de sexta-feira.

A maioria das fábricas da Volkswagen na Europa vai fechar por "duas a três semanas" devido à pandemia da Covid-19, anunciou o presidente do grupo, Herbert Diess, sem precisar a partir de quando. A Autoeuropa é um das fábrica europaias que vai parar a produção diurante uma ou duas semanas.

A Autoeuropa vai suspender todos os turnos de produção de automóveis na fábrica de Palmela até ao dia 29 de março, com efeito imediato.

A fábrica, que é um dos três maiores exportadores nacionais, já esteve parada na segunda-feira.

A suspensão da produção de automóveis na fábrica de Palmela foi formalmente comunicada pouco depois de o presidente do grupo Volkswagen ter anunciado a interrupção da produção em diversas fábricas, designadamente em Espanha, na Eslováquia, em Itália e também em Portugal, devido à pandemia de Covid-19.

"Espanha, Portugal, Eslováquia e Itália vão ser afetados a partir desta semana com interrupções na produção e a maioria das outras fábricas alemãs e europeias estão a preparar a suspensão de duas a três semanas", adiantou o presidente do grupo, Herbert Diess, durante uma conferência de imprensa virtual.

Segundo a agência de notícias France Press, o presidente da Volkswagen não detalhou o calendário de encerramento, mas os sindicatos do setor indicaram que a produção será suspensa a partir de sexta-feira.

A suspensão da produção de automóveis na fábrica de Palmela foi formalmente comunicada pouco depois de o presidente do grupo Volkswagen ter anunciado a interrupção da produção em diversas fábricas, designadamente em Espanha, na Eslováquia, em Itália e também em Portugal, devido à pandemia de Covid-19.

"Espanha, Portugal, Eslováquia e Itália vão ser afetados a partir desta semana com interrupções na produção e a maioria das outras fábricas alemãs e europeias estão a preparar a suspensão de duas a três semanas", adiantou o presidente do grupo, Herbert Diess, durante uma conferência de imprensa virtual.

Herbert Diess fez o anúncio durante a apresentação do balanço de 2019 do grupo Volkswagen, apesar de já terem sido divulgados os principais números no final de fevereiro.

O responsável alertou que "2020 é um ano muito difícil" porque a pandemia apresenta "desafios operacionais e financeiros desconhecidos".

Em Portugal, a Autoeuropa decidiu suspender no domingo a laboração nos turnos da noite e da manhã de segunda-feira para muitos trabalhadores ficarem em casa com os filhos, devido ao encerramento das escolas, confirmou à agência Lusa a Comissão de Trabalhadores.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de