TAP teve mais 7,7% passageiros até novembro em relação a 2018

A companhia aérea igualou, assim, o total de passageiros transportados no ano passado, quando ainda falta o mês de dezembro, um dos mais fortes do ano em termos de procura.

O número de passageiros transportados pela TAP aumentou 7,7% nos 11 primeiros meses deste ano, para 15,8 milhões, face a igual período do ano passado, anunciou esta quinta-feira a companhia aérea portuguesa.

Em termos absolutos, a TAP transportou mais 1,1 milhões de passareiros até novembro, em relação a idêntico período do ano passado, refere a transportadora em comunicado.

A companhia aérea igualou, assim, o total de passageiros transportados no ano passado, quando ainda falta o mês de dezembro, um dos mais fortes do ano em termos de procura.

No mês de novembro, a TAP transportou 1,25 milhões de passageiros, mais 129 mil do que no mesmo mês de 2018, o que correspondeu "a um acréscimo de 11,5%", lê-se no comunicado.

Em novembro, o RPK (passageiros por quilómetros voados) da TAP cresceu 15,7%, enquanto o ASK (lugares por quilómetros voados) teve um acréscimo de 12,5%, o que permitiu uma melhoria da taxa de ocupação dos voos em 2,1 pontos percentuais, para 76,4%, na comparação com o mês homólogo de 2018.

Nos 11 primeiros meses deste ano, a taxa de ocupação dos voos fixou-se nos 80,5%, lê-se no comunicado.

A companhia aérea cresceu em novembro em todos os segmentos de rede em que opera (Portugal continental, ilhas, Europa, América do Norte, Venezuela, Brasil e África).

O destaque vai para as rotas da América do Norte, com um crescimento de 53%, para a continuação da recuperação no Brasil, com mais 2% de passageiros, e para o crescimento absoluto de mais 63 mil passageiros nas rotas europeias excluindo Portugal, que equivalem a um crescimento de 9% relativamente a novembro de 2018.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de