Pedir a reforma através da internet? Simulador de pensões vai ter novas funcionalidades

Desde há um ano que já é possível simular a futura pensão. Agora, é dado mais um passo em frente: o simulador vai passar a ter ligação direta ao requerimento de reforma online e à CGA.

A Segurança Social tem em desenvolvimento o novo sistema de informação de pensões que vai permitir o requerimento das reformas através da internet. Numa fase seguinte, revela à TSF a secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, uma das medidas será ligar o simulador das pensões ao pedido da reforma.

"Está equacionado que uma entrada no simulador de pensões permita, daqui a algum tempo, fazer o requerimento para uma pensão", adianta a secretária de Estado.

Por outro lado, os beneficiários da Segurança Social que também descontam para a Caixa Geral de Aposentações (CGA) vão poder fazer a simulação de pensões numa única plataforma.

"O nosso objetivo foi que a Segurança Social e a CGA estabilizassem, com estes instrumentos poderosos, para começarem agora a trabalhar em conjunto. É um processo complexo, porque implica a ligação de dois sistemas distintos, mas vamos poder ter essa simulação com a contagem dos dois sistemas em simultâneo", explica Cláudia Joaquim.

A secretária de Estado da Segurança Social faz um "balanço muito positivo", com uma utilização "acima das expectativas" do simulador das pensões. "É um sinal, por um lado, da necessidade deste instrumento de transparência da segurança social e, por outro lado, um sinal da capacidade do sistema de responder a estas solicitações", defende.

Uma média diária de 10.500 pedidos de simulação da reforma foram feitos na ferramenta online que a segurança social inaugurou faz esta quarta-feira um ano.

O simulador das pensões realizou 3,8 milhões de operações, sendo capaz de apresentar resultados em 1,19 segundos.

Esta ferramenta também provocou o aumento do número de registo na Segurança Social Direta, já que é obrigatório ter uma senha de acesso para pôr esta ferramenta online a fazer as contas.

De abril para maio de 2018, aumentou em 125% o número de pedidos de acesso, e de maio até dezembro do último ano houve mais 40% de pedidos de adesão, comparando com o ano de 2017.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de