PIB não descola dos 1,9% face ao mesmo período do ano passado

PIB cresceu 1,9% em cada um dos dois últimos trimestres em relação ao período homólogo.

A taxa homóloga de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) calculado pelo Instituto nacional de Estatística (INE) não sofreu alterações nos últimos três meses comparando com o segundo trimestre do ano. Assim, o PIB aumentou 1,9% em volume e a taxa só não desceu devido à procura interna.

Para que isto aconteça, o INE destaca "uma aceleração do consumo privado, enquanto o Investimento registou um crescimento menos intenso".

Já no comparativo com os meses anteriores, na chamada variação em cadeia, o PIB aumentou 0,3% em termos reais no terceiro trimestre enquanto no trimestre anterior o comportamento foi melhor (0,6% de crescimento do PIB).

Zona Euro

Também hoje foram publicados os dados do PIB da zona Euro. De acordo com o Eurostat a economia dos 19 países europeus que usam a moeda única manteve no terceiro trimestre um ritmo de crescimento homólogo de 1,2%,

Este ritmo de crescimento, entre julho e setembro, é igual ao verificado no segundo trimestre.

Na variação em cadeia, o PIB da zona euro manteve um ritmo de crescimento de 0,2%.

Já a União Europeia abrandou 0,1 pontos percentuais a taxa de crescimento do PIB, que passou para os 1,3%, face ao período homólogo.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados