PSD não muda sentido de voto. Se PS ficou surpreendido, "é porque estava distraído"

A votação final global do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) decorre esta quinta-feira no Parlamento.

O PSD garante que não muda o voto contra a proposta do governo para o OE2021, optando em vez disso por viabilizar a proposta de alteração ao Orçamento do Estado do Bloco de Esquerda, que anula a transferência do Fundo da Resolução destinada ao Novo Banco.

Na reta final das maratonas de votações na especialidade do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), o PSD, assim como o PCP e o PAN, juntaram-se ao BE para impedir a transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco.

Em declarações à TSF, o deputado Duarte Pacheco, coordenador do PSD na comissão de Orçamento e Finanças, assegurou que "o partido social-democrata vai manter a sua decisão".

O deputado acrescenta que esta, tal como todos as decisões do partido, foi tomada em linha com a direção nacional e o presidente do partido, Rui Rio.

Em declarações aos jornalistas, no Parlamento, já depois desta aprovação, o vice-presidente da bancada do PS, João Paulo Correia, não poupou nas críticas ao PSD, acusando partido de "irresponsabilidade e cobardia" e de não ter assumido esta posição anteriormente, preferindo fazê-lo "na calada da madrugada".

Se esta foi uma surpresa para o Partido Socialista, é porque "não tem estado atento", sublinha Duarte Pacheco, já que o PSD sempre defendeu que "qualquer transferência para o Novo Banco só deve ocorrer depois dos resultados da auditoria que o Tribunal de Contas está a desenvolver".

Apesar do voto contra do BE, PSD, CDS-PP, Chega e IL, com a abstenção anunciada esta quinta-feira do PAN e também da deputada não-inscrita Cristina Rodrigues, do PCP e do PEV, está garantida a aprovação da proposta do Governo para o OE2021 no plenário desta quinta-feira.​​​​​

O PS, com 108 deputados, precisava de oito votos a favor de outras bancadas ou de 15 abstenções para fazer passar o orçamento.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de