Quando vai o Algarve recuperar número de turistas pré-pandemia? "Daqui a quatro ou cinco anos"

O presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, Elidérico Viegas, diz, no Fórum TSF, que a recuperação do setor será lenta.

A Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve acredita que só daqui a quatro ou cinco anos é que o números de turistas na região vai voltar aos valores registados antes da pandemia da Covid-19. O presidente Elidérico Viegas diz, no Fórum TSF, que a recuperação do setor será lenta.

"A recuperação só daqui a quatro ou cinco anos. A retoma será gradual, progressiva e muito lenta e isso, na nossa perspetiva, só irá ocorrer a partir da Páscoa de 2022. Depois deveremos ainda demorar muito tempo até que possamos voltar aos números de 2019", estima, em entrevista ao jornalista Manuel Acácio

Os operadores turísticos do Algarve não contam para já com o regresso dos turistas estrangeiros, mas Elidérico Viegas acredita que o plano de desconfinamento desenhado pelo Governo já abre as portas ao turismo interno: "Se correr tudo bem isto vem potenciar a procura turística interna a partir dos feriados do mês de junho, à semelhança do que se verificou no ano passado. As nossas perspetivas já iam nesse sentido. Este ano, infelizmente, só podemos contar com a procura interna, uma vez que a procura externa será muito residual."

Elidérico Viegas defende que para atrair esses turistas era preciso que Portugal oferecesse mais garantias de segurança.

"O nosso país, infelizmente, não tem uma boa imagem externa nesta matéria. Sem haver condições de segurança, - e as condições de segurança só serão possíveis através de uma vacinação em massa de forma a obter a chamada imunidade de grupo - dificilmente haverá fluxos turísticos entre países. Poderá haver alguma procura externa, mas ela será muito residual, porque não estão reunidas essas condições", remata.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de