Salários em risco. AHRESP apela à Segurança Social que pague às empresas "com urgência"

A associação lembra que os pagamentos de dezembro comportam o subsídio de natal.

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou para a Segurança Social agilizar, "com urgência", os pagamentos devidos às empresas para que estas não comprometam a capacidade responder às suas obrigações.

"Num mês com fortes limitações ao normal funcionamento dos estabelecimentos, em que acresce a necessidade de pagamento dos subsídios de Natal, reveste-se da maior importância que a Segurança Social agilize os pagamentos que são devidos às empresas no âmbito dos vários apoios Covid-19, tais como o lay-off simplificado, o apoio à retoma progressiva e o apoio extraordinário à redução da atividade económica", apontou a AHRESP no seu boletim diário.

Conforme alertou a associação, a falta destes pagamentos vai comprometer a capacidade das empresas responderem às suas obrigações, como o pagamento de salários.

No mesmo documento, a AHRESP notou que a Segurança Social deve também regularizar a emissão de certidões de não dívida, concedidas no âmbito do apoio à retoma progressiva e do incentivo extraordinário à normalização da atividade empresarial.

"A AHRESP apela à Segurança Social que corrija as múltiplas situações de dívida que foram incorretamente criadas, uma vez que colocam em causa a candidatura a outros apoios Covid-19, que exigem uma situação contributiva regularizada", vincou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de