Santander Totta com 87 mil clientes e 8.600 milhões de crédito abrangidos por moratórias

No final de 2020, a carteira de crédito do Santander Totta atingiu 42,7 mil milhões de euros, mais 6,8% face ao período homólogo.

O Santander Totta tinha no final de 2020 um total de 87 mil clientes abrangidos por moratórias públicas e privadas, no montante global de 8.600 milhões de euros de crédito, divulgou esta sexta-feira o banco.

"No final do dezembro, as moratórias (legal e privada) abrangiam 87 mil clientes do Santander Totta, no montante global de 8,6 mil milhões de euros de crédito (21% da carteira total)", reporta a instituição num comunicado relativo aos resultados de 2020.

Já no âmbito das linhas de crédito com garantia do Estado, destinadas a mitigar os efeitos da pandemia, o banco diz já ter aprovado operações no montante total de cerca de 1.600 milhões de euros.

No final de 2020, a carteira de crédito do Santander Totta atingiu 42,7 mil milhões de euros, mais 6,8% face ao período homólogo, "refletindo não só a aplicação de moratórias ao crédito a famílias e empresas como também a elevada produção de linhas de crédito de apoio à economia, no contexto da crise sanitária [...], bem como os ritmos sustentados de nova originação de crédito hipotecário".

"O apoio a famílias e empresas portuguesas absorveu cerca de 2,0 mil milhões de euros de liquidez por via quer das moratórias, quer de concessão adicional de crédito, que foi parcialmente acomodado por um aumento em cerca de 0,4 mil milhões de euros dos depósitos de clientes", lê-se no comunicado.

Desde abril do ano passado que milhares de clientes não estão a pagar os créditos aos bancos, fazendo uso do decreto-lei do Governo que permite moratórias nos empréstimos, criadas como uma ajuda a famílias e empresas penalizadas pela crise económica desencadeada pela pandemia de Covid-19.

Em 24 de setembro, o Conselho de Ministros decidiu prolongar por seis meses, até 30 de setembro de 2021, o prazo das moratórias de crédito às famílias e empresas que terminava em 31 de março.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de