TAP com nova emissão de obrigações de 300 milhões de euros

Obrigações têm maturidade em 2024 e a taxa de juro é definida após o período da oferta.

A TAP anunciou esta segunda-feira o lançamento de uma nova oferta de obrigações sénior, com o valor indicativo de 300 milhões de euros e maturidade até 2024, de acordo com um comunicado publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A empresa dá conta, assim, da sua "intenção de lançar uma oferta dirigida a investidores institucionais de obrigações sénior com o valor nominal agregado indicativo de 300 milhões de euros com maturidade em 2024 e taxa de juro a ser definida após o período da oferta", lê-se na mesma nota.

A TAP indica ainda que "as receitas resultantes da oferta, se concluída", serão para a "antecipação do reembolso de determinados empréstimos no âmbito do passivo existente da TAP e extensão do respetivo prazo médio de maturidade", bem como para o "pagamento de comissões e despesas relacionadas com a oferta das obrigações".

A TAP não dá mais detalhes concretos sobre a operação, salientando que o anúncio "não constitui e não constituirá, em nenhuma circunstância, uma oferta pública nem um convite ao público relativamente a qualquer oferta na aceção do regulamento dos prospetos ou do Código dos Valores Mobiliários".

A empresa revela, em seguida, que "a oferta e comercialização das obrigações será efetuada ao abrigo de uma exceção à obrigação de produzir um prospeto para ofertas de valores mobiliários prevista do regulamento dos prospetos".

Em 30 de maio, a TAP revelou que iria emitir obrigações no valor de 50 milhões de euros, por iniciativa da transportadora aérea, até 14 de junho, com uma taxa de juro fixa bruta de 4,375% ao ano.

Em causa estava a emissão e admissão à negociação de 50 mil obrigações "com o valor nominal unitário de 1.000 euros e global inicial de 50 milhões de euros, que poderá ser aumentado por opção do emitente até ao dia 14 de junho de 2019", segundo o prospeto desta oferta, publicado na CMVM.

As obrigações têm maturidade em 23 de junho de 2023, com taxa de juro fixa bruta de 4,375% ao ano.

Em 19 de junho, foi anunciado que mais de seis mil investidores subscreveram estas obrigações da TAP, uma operação no valor de 200 milhões de euros, em que a procura superou a oferta em 1,55 vezes.

No segmento geral a procura atingiu 162,5 milhões de euros e o montante final atribuído foi de 105 milhões de euros com o número total de investidores a atingir os 6.092, dos quais 35 profissionais.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados