Trabalhadores da Groundforce recebem salário de maio em duas prestações

Administração de Alfredo Casimiro vai pagar 85% dos ordenados até ao final da semana e o restante daqui a duas semanas. Gestores só recebem depois dos trabalhadores.

Os trabalhadores da Groundforce vão receber 85% do salário de maio até ao dia 28 e os 15% restantes daqui a duas semanas. Esta foi a solução encontrada pela administração da empresa de assistência aeroportuária para cumprir a promessa de pagar os vencimentos de maio. A notícia foi avançada pelo ECO e confirmada pela TSF junto de fonte oficial da companhia.

Os administradores da equipa liderada por Alfredo Casimiro só vão receber depois dos salários de todos os trabalhadores serem transferidos a 100%.

A Groundforce tem estado no centro de uma guerra entre o governo e a TAP de um lado e do outro o acionista maioritário e presidente executivo da companhia Alfredo Casimiro.

A TAP, acionista minoritária da empresa de handling, pediu a insolvência da marca depois de Casimiro ter anunciado que ia rasgar o acordo feito com a transportadora que permitiu pagar os salários de fevereiro e março.

No entender do gestor, esses acordos colocavam em causa a sobrevivência da empresa e dos 2400 trabalhadores.

O acordo consistiu na compra pela TAP dos equipamentos da Groundforce pelo valor de 7 milhões de euros. A transportadora aérea alugava depois esses equipamentos à marca de assistência aeroportuária.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de