Último sindicato da função pública até agora fora da greve entrega pré-aviso

O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado era o único referente ao setor público que ainda não tinha admitido participar na greve de dia 12 de novembro, mas agora revela que vai mesmo entregar o pré-aviso para participar na paralisação.

O Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado, o único que ainda não tinha decidido se participaria na greve da função pública de dia 12, vai entregar nos próximos dias um pré-aviso de greve. Em declarações à TSF, Helena Rodrigues, a presidente do sindicato, admite que ainda possa haver um recuo.

"Vamos, de qualquer forma e à cautela, fazer o pré-aviso de greve. Já temos alguns dados que nos permitem dizer... As respostas dos nossos associados são suficientes para dizer: 'Vamos para a greve.'"

A representante do sindicato dos quadros técnicos da função pública acredita, contudo, que até ao último momento a decisão possa ser revertida, dependendo da abertura do Executivo para aceder a compromissos. "Podemos, em qualquer altura retirar o pré-aviso, se acontecerem novidades que vão ao encontro daquilo que são as nossas pretensões. Pedimos 3%... Bom, é um processo que se faz, de aproximação. Vamos ver o que o Governo nos diz a seguir."

"Ainda que seja tímida a aproximação à nossa proposta, consideramos que o Governo, na parte negocial, tem feito esse caminho que até aqui não foi feito, antes não foi feito, em anos anteriores não foi feito." Helena Rodrigues salienta mesmo que "há anos" que os membros do sindicato não se recordam de fazer este caminho negocial. "Mas não chega, depende agora do Governo", replica.

A resposta que surgir por parte da Tutela pode permitir um recuo. Pelo sim, pelo não, o pré-aviso fica entregue.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de