Web Summit: Compras ascendem a 59 mil com consumo médio de 10,33 euros

Os dados foram revelados pela SIBS.

A SIBS revelou esta sexta-feira que foram contabilizadas 59.000 compras no recinto da Web Summit, que decorreu, em Lisboa, esta semana, com um consumo médio de 10,33 euros.

Segundo uma infografia hoje divulgada pela SIBS, no evento, foram utilizados cartões de 100 nacionalidades, sendo a grande maioria (73,7%) de estrangeiros.

O Reino Unido (10,5%) lidera os consumos efetuados por estrangeiros no recinto da cimeira tecnológica, que abrangeu a Altice Arena e a FIL.

Segue-se a Alemanha (7,4%), Brasil (4,8%), Ucrânia (4,4%) e a Polónia (3,7%).

Segundo dados apurados no dia 02 de novembro, terça-feira, pelas 13:51 (hora de Lisboa), foi atingido o pico de transações.

Só na terça-feira, foram realizadas mais de 21.700 compras no recinto da Web Summit, com um consumo médio de 10,6 euros.

No que diz respeito às compras e levantamentos no distrito de Lisboa, verificou-se um aumento de 4,2% no número de operações, face à edição de 2019 (a última edição presencial).

Já o número de operações efetuadas por estrangeiros cresceu 18,6% em comparação com 2019.

Por setor de atividade, 31,3% do total de compras, em Lisboa, foram efetuadas em supermercados e 23,3% dizem respeito a comidas e bebidas.

As compras das gasolineiras, no distrito de Lisboa, representaram 5%, enquanto em moda e acessórios ficaram-se nos 4,1%.

A SIBS revelou ainda que 65,8% dos estrangeiros que visitaram a Web Summit ficaram, em Lisboa, apenas nos dias do evento, enquanto 34,2% permaneceram no distrito desde o fim de semana anterior.

A SIBS, gestora do multibanco, estabeleceu uma parceria com a Web Summit, promovendo um evento sem dinheiro físico.

Em 2020, a Web Summit decorreu em formato virtual face à pandemia de covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de