Açores

Fecho de escolas por causa da gripe A só ocorrerá «em última instância»

O secretário regional da Saúde disse, esta terça-feira, que o eventual encerramento de escolas e creches nos Açores por causa do contágio da gripe A «só ocorrerá em último caso». Na região autónoma existem 60 casos confirmados de gripe A.

Miguel Correia disse, em conferência de Imprensa, em Angra do Heroísmo, já ter dado instruções quanto aos procedimentos a adoptar nos estabelecimentos de ensino, devido à aproximação do início do ano escolar. 
 
Segundo explicou, a orientação técnica para as creches e escolas dos Açores, já disponível no portal do Governo, determina que o eventual encerramento dos estabelecimentos de ensino «só ocorrerá em última instância e sempre em articulação com o delegado de Saúde».
   
Relativamente às empresas e a outras organizações privadas, o governante adiantou que as recomendações apontam para «a necessidade de, a qualquer momento, terem de accionar os respectivos planos de contingência».
 
O secretário da Saúde admitiu, no entanto, que algumas empresas possam não ter ainda planos de contingência, por isso, recomendou que também elas liguem para a Linha Saúde Açores que, por sua vez, entrará em contacto com o delegado concelhio, «assegurando-se assim uma articulação entre as autoridades de saúde e essas empresas».   
 
O secretário regional da Saúde anunciou ainda que estão a ser preparadas sessões de esclarecimento, uma dirigida às escolas e outra para o público em geral, empresas e associações cívicas.
   
O governante disse ainda que está a ser ultimada uma campanha para a vacinação dirigida a grupos de risco, contra a gripe sazonal e contra a pneumonia.

Notícias Relacionadas