Educação

Mais de 500 turmas do 1º Ciclo ainda sem aulas

A Associação Nacional de Agrupamentos e Escolas Públicas diz que a falta de professores sente-se em todos os graus de escolaridade, em particular, no 1º Ciclo.

O Conselho de Escolas estima que há mais de 500 turmas do 1º Ciclo ainda sem aulas, um cenário que é confirmado pela Associação Nacional de Agrupamentos e Escolas Públicas.

PUB

Em declarações à TSF, o vice-presidente desta associação considerou ainda que a falta de professores sente-se em todos os graus de escolaridade, mas afeta, em particular, o 1º Ciclo.

Filinto Lima explicou ainda que esta situação está ligada ao facto de ainda existirem muitas vagas por preencher, sabendo-se que pelo menos faltam 1991 professores anunciados pelo ministro Nuno Crato há uma semana.

«Penso que até amanhã poderemos ter novidades senão na próxima segunda feira já faz uma semana que estes professores estão a fazer falta nas escolas, sendo certo que as escolas têm o plano de substituições a incrementar para este tipo de situações», concluiu.