PSD quer «apurar com clareza» o que se passou na Parque Escolar

Com a chamada ao Parlamento de duas ex-ministras da Educação e do atual titular da pasta, Luís Montenegro quer apurar tudo o que esteve envolvido nas decisões» da Parque Escolar.

O PSD pretende apurar «com muita clareza» o que se passou na Parque Escolar com a chamada das ex-ministras Maria de Lurdes Rodrigues e Isabel Alçada e do ministro Nuno Crato ao Parlamento.

À margem do Congresso do PSD, o líder parlamentar social-democrata diz que o objetivo é apurar «tudo o que esteve envolvido nas decisões que foram tomadas no âmbito da empresa Parque Escolar».

Para Luís Montenegro, estas decisões «tanto oneraram os cofres públicos e as gerações futuras com encargos que são incomportáveis e que foram tomados na base de decisões que o Tribunal de Contas veio a assumir que eram ilegais».

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de