Greve geral: MAI recebe 2ªfeira relatório sobre incidentes no Chiado

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, anunciou hoje que o relatório do processo de averiguações aos incidentes de 22 de março, lhe será entregue esta segunda-feira.

«Tanto quanto estou informado, o relatório da averiguação vai-me ser entregue amanhã [segunda-feira]», afirmou Miguel Macedo adiantando que o processo «vai ter conclusões e propostas».

«Sobre elas, eu vou ter de tomar uma posição», acrescentou.

Recorde-se que na tarde de 22 de março, em dia de greve geral convocada pela CGTP, a Polícia de Segurança Pública (PSP) e várias pessoas ligadas à plataforma 15 de Outubro envolveram-se em confrontos junto ao Largo do Chiado, em plena baixa lisboeta.

Depois de vários manifestantes terem arremessado objetos contra agentes e da esplanada do café A Brasileira ter sido praticamente destruída, a PSP reforçou a sua presença com elementos das Equipas de Intervenção Rápida (EIR) e do Corpo de Intervenção.

Durante os confrontos entre manifestantes e polícias, os fotojornalistas José Sena Goulão (da agência Lusa) e Patrícia de Melo Moreira (da France Presse), que se encontravam no local a fazer a cobertura do acontecimento, foram agredidos.

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) abriu um processo de averiguações, estando «previsto» que o respetivo relatório seja entregue esta segunda-feira ao ministro Miguel Macedo.

«Este não vai ser um daqueles casos em que se manda averiguar no país e depois nunca há conclusões», garantiu o ministro, frisando que este caso «não vai ficar escondido, para nunca mais ver a luz do sol», antes «é para ver, sem problema nenhum».

«É assim que deve ser em democracia», rematou Miguel Macedo.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de