Greve Geral: Um detido e três feridos em manifestação em Lisboa

Uma pessoa foi detida e pelo menos três ficaram feridas é o balanço dos confrontos que ocorreram com a polícia numa manifestação que esta tarde decorreu em Lisboa, indicou a PSP.

A porta-voz do comando metropolitano da PSP de Lisboa (COMETLIS), subcomissária Carla Duarte, disse aos jornalistas que o detido é um manifestante que lançou petardos e agrediu os polícias, tendo sido constituído arguido.

Entre os feridos está um polícia que teve que receber tratamento hospitalar e o fotojornalista da agência Lusa José Sena Goulão, que está a receber tratamento hospitalar.

Os confrontos tiveram origem quando a PSP, no Largo do Chiado, identificou um manifestante que tinha rebentado um petardo, levando a que outros arremessassem contra os agentes «chávenas, garrafas» e outros objetos que se encontravam nas esplanadas do local, acrescentou a porta-voz da PSP.

Adiantou que polícia teve necessidade de impor a ordem e acalmar os ânimos, mas a situação voltou a agravar-se o que levou à ação do Corpo de Intervenção da PSP.

A porta-voz do COMETLIS disse que houve necessidade de repor a ordem porque a situação «atingiu um nível elevado».

Questionada sobre agressões a pessoas que não integravam a manifestação, não confirmou essa situação, adiantando que foi difícil acalmar os ânimos e repor a ordem.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de