Férias

Mais portugueses vão de férias este Natal e Ano Novo

São apenas 12 por cento, mas triplicou o número de portugueses que neste Natal ou Ano Novo vão de férias. A maioria viaja para o Norte do país.

O resultado é de um inquérito do Instituto de Turismo (IPDT). O presidente, António Jorge Costa, diz que é uma subida grande de que não estava à espera, que pode ser explicada por várias razões.

«Acho que pode ser um sinal de confiança, da forma como os portugueses têm vindo a entender as férias como um direito e, portanto, como uma necessidade de parar e retemperar forças, e eventualmente chegaram ao fim deste ano com poupanças que não teriam no ano passado. (...) Creio que os empresários da área do turismo terão também reagido no sentido de fazer ofertas de pacotes de Natal e Ano Novo», explica.

A maioria dos que pretendem fazer férias fora de casa este Natal ou Ano Novo fica dentro do país e a maioria, 51 por cento, na região do Porto ou Norte, deixando longe o Algarve, com 19% das preferências.

Grande parte deve ir para casa de familiares, mas há uma subida daqueles que pretendem ir para o estrangeiro.

«Portugal é o destino por excelência, embora haja um pequeno decréscimo. No ano passado, 80% afirmava que ficaria em Portugal para fazer este período de férias, este ano estamos a falar de 72%. Os três principais destinos estrangeiros (Espanha, França e Suíça) aumentam em relação ao ano passado», acrescenta.