25 abril

Marques Júnior e Otelo lembram percurso de Hugo dos Santos

Marques Júnior recordou Hugo dos Santos como um militar que incentivava os seus companheiros de armas mais novos. Já Otelo Saraiva de Carvalho lembrou que Hugo dos Santos se afastou dos protagonistas da Revolução após o 25 de Abril.

O antigo capitão de Abril Marques Júnior lembrou a altura em que Hugo dos Santos, ainda nos seus tempos de major, incentivava os companheiros de armas mais novos.

Em declarações à TSF, o actual deputado socialista disse ainda que Hugo dos Santos «foi dos que mais se mobilizou para dinamizar o Movimento das Forças Armadas (MFA)».

«Era uma referência para os capitães, sempre ligado ao MFA, às vezes um crítico no sentido de apelar para os valores que nos levaram e mobilizaram para o 25 de Abril quando havia aquelas tentativas de desvio do MFA», explicou.

Por seu lado, Otelo Saraiva de Carvalho recordou que Hugo dos Santos se desviou dos seus companheiros após o 25 de Abril e «daquilo que era a nossa perspectiva revolucionária».

«Pretendeu uma rápida recondução de uma ordem estabelecida. A opinião dele era que os militares deveriam regressar rapidamente a quartéis, mas tivemos uma opinião diferente, porque estava em jogo uma luta contra o projecto do poder pessoal do general Spínola», acrescentou.

Segundo Otelo, esta divergência provocou o afastamento de Hugo dos Santos que «nunca quis ser sócio da Associação 25 de Abril».

«Sempre que era solicitado para entrevistas com outros oficiais que estivessem estado comigo no Posto de Comando ele recusou sempre. Ele desolidarizou-se do Movimento das Forças Armadas», concluiu.

Notícias Relacionadas