Ministro da Defesa desvaloriza incidentes durante a greve geral

O ministro Aguiar-Branco desvalorizou, na RTP, os incidentes que ocorreram durante a greve geral, considerando que o protesto decorreu sem problemas tirando alguns casos excecionais.

O incidente mais grave durante a greve geral, desta quinta-feira, aconteceu em Lisboa, com a policia a envolver-se em confrontos com alguns participantes de uma manifestação da plataforma "15 de Outubro" junto ao Largo do Chiado.

Desses confrontos resultaram alguns feridos ligeiros, entre eles dois fotojornalistas, um da agência Lusa, outra da Agência France Press.

Entrevistado na RTP, esta noite, o ministro da Defesa, José Pedro Aguiar Branco, considerou que a greve, convocada pela CGTP, decorreu sem problemas de maior, tirando alguns casos excecionais em que a policia foi obrigada a repor a ordem.

«Quando essa situação ultrapassa algumas marcas é evidente que a lei e a ordem têm de ser restauradas dentro da legalidade, que é isso que eu acho e acredito que tenha acontecido», afirmou.

«A história mostra-nos que em muitas situações, aqui e acolá há sempre muitos excessos que não são a regra, são a exceção», acrescentou o ministro da Defesa.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de