Vieira de Almeida está «tranquilo» em relação às buscas na sociedade de advogados

Vasco Vieira de Almeida, da sociedade de advogados que foi alvo de buscas esta quinta-feira, disse à TSF que se encontra «tranquilo», sublinhando que as diligências incidiram apenas sobre o "caso Freeport”.

«Prestámos os serviços normais da advocacia» à Freeport «como prestamos a qualquer outro cliente estrangeiro», disse à TSF Vasco Vieira de Almeida, da Vieira de Almeida & Associados.

O advogado adiantou que as buscas realizadas esta quinta-feira ao seu escritório tiveram como único objectivo «investigar problemas ligados à Freeport».

«Não tiveram nada a ver com o escritório nem com nenhum sócio ou colaborador» da sociedade de advogados, frisou Vasco Vieira de Almeida, mostrando-se «tranquilo» relativamente a este caso.

A Vieira de Almeida & Associados, a casa e as empresas de Júlio Carvalho Monteiro, empresário e tio materno de José Sócrates, e o atelier de arquitectos Capinha Lopes foram esta quinta-feira alvo de buscas, no âmbito do "caso Freeport".

O processo relativo ao espaço comercial do Freeport de Alcochete está relacionado com suspeitas de corrupção na alteração à Zona de Protecção Especial do Estuário do Tejo decidida três dias antes das eleições legislativas de 2002 através de um decreto-lei.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de