BE quer Governo a requisitar alojamento local para estudantes universitários

O partido entende que os "grandes proprietários" devem disponibilizar, mediante requisição do Governo, alojamento para os alunos do ensino superior, ao preço dos valores pagos nas residências públicas.

PorRita Carvalho Pereira
© Rodrigo Antunes/Lusa

O Bloco de Esquerda propõe que o Governo avance com a requisição do alojamento local, para combater a falta de habitação para os estudantes universitários. A proposta, anunciada por Catarina Martins, dá entrada esta segunda-feira na Assembleia da República.

"Vivemos um momento de urgência, porque, dos milhares de alunos que entraram no ensino superior em Lisboa, há muitos que não têm vagas nestas residências e que precisam agora de um resposta de habitação, para não desistirem do ano letivo", afirmou a coordenadora do Bloco de Esquerda, esta tarde, após visitar a uma residência universitária no campus da Ajuda, em Lisboa.

Para o Bloco de Esquerda, a solução deve passar por colocar o alojamento local ao serviço dos estudantes. Por isso, o partido propõe que "o Estado faça um levantamento das necessidades mais prementes e que requisite esses quartos ao alojamento local". A ideia é começar, desde logo, pelos imóveis detidos por "grandes proprietários", que, defende Catarina Martins, "podem, perfeitamente, durante algum tempo, ter parte dos seus alojamentos destinados a residência estudantil".

Ouça a reportagem da TSF.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

O Bloco propõe que o alojamento local seja disponibilizado aos estudantes pelos valores pagos atualmente por um quarto numa residência universitária pública.

Os bloquistas consideram que o caminho é aproveitar estas habitações que já existem, em vez de se construir mais alojamento. "Nós temos tantas casas vazias nas mãos de vistos gold, de residentes não habituais, de fundos imobiliários, em puros processos de especulação imobiliária. Tantas casas para alojamento local que, aliás, em períodos com menos turismo, nem sequer têm um uso muito intensivo", notou Catarina Martins.

"Vamos usar as habitações que temos. Não vamos criar mais problemas ambientais, mais problemas climáticos, mais problemas às nossas cidades - não precisamos! O que precisamos é de usar, de uma forma sensata, as habitações que existem."

Além deste projeto à escala nacional, o Bloco de Esquerda vai ainda apresentar na Câmara de Lisboa, pelas mãos da vereadora Beatriz Gomes Dias, um projeto de apoio ao arrendamento para os alunos que se organizem em repúblicas universitárias.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG