Marido de Ana Abrunhosa sócio de empresário condenado por corrupção em empresa que recebeu fundos comunitários

De acordo com o Página Um, o empresário foi condenado a três anos e cinco meses de prisão, com pena suspensa, por corrupção.

PorFrancisco Nascimento
© Tiago Petinga/Lusa

Depois de se saber que as empresas do marido de Ana Abrunhosa beneficiaram de fundos comunitários, em mais de 133 mil euros, o Página Um avança agora que uma das beneficiárias tinha como sócio um empresário condenado por corrupção.

A empresa "Thermlvet", nas Termas de Monfortinho, em Idanha-a-Nova, é responsável pela "conceção e desenvolvimento de produtos de uso veterinário com água termal", e tem como acionistas o marido e o sogro da ministra, em 80 por cento, com a restante percentagem a pertencer ao empresário chinês Zhu Xiadong.

De acordo com o semanário, na edição online, o empresário foi condenado a três anos e cinco meses de prisão, com pena suspensa, por corrupção ativa, em junho de 2020.

O caso remonta aos vistos gold, já que o Tribunal da Relação de Lisboa deu como provado o suborno a António Figueiredo, antigo presidente do Instituto dos Registos e Notariado. A mulher do empresário chinês também foi condenada pelo mesmo crime.

Citado pelo Expresso, o marido da ministra, António Trigueiros de Aragão responde apenas que "esse senhor é meu amigo e continuará a ser".

O Observador noticiou, na terça-feira, que as empresas do marido da ministra da Coesão Territorial receberam, pelo menos, 133 mil euros em fundos comunitários.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG