"Não aceito lições da Catarina Martins." Costa diz que BE deve pedir desculpa

Um total de 315.785 eleitores inscreveram-se para votar antecipadamente em mobilidade este domingo nas eleições legislativas.

PorTSF
© Miguel A. Lopes/Lusa

Mais de 70% dos inscritos em Vila Real votaram até às 16 horas

Ariana e Filipa, estudantes de Teatro e Artes Performativas na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, foram duas das 1215 pessoas que votaram, até às 16 horas deste domingo, em Vila Real. Ao todo, inscreveram-se para o voto antecipado neste concelho 1678 eleitores. “Temos fundadas expectativas que um grande número de pessoas vão cumprir o seu direito até às 19 horas”, disse à TSF o vice-presidente da Câmara de Vila Real, Alexandre Favaios.

Ariana e Filipa votaram antecipadamente porque no dia 30 de janeiro não vão estar em Portugal. No âmbito de uma unidade curricular do curso que frequentam, vão ter de deslocar-se a Barcelona. “Como foi dada a possibilidade de exercer o direito de voto uma semana antes aproveitámos para o fazer”, disse Ariana.

Filipa considera que esta modalidade de voto antecipado “devia manter-se no futuro”, salientando que “todo o processo foi muito fácil e rápido”, o que dá mais possibilidades de votar a quem, por alguma razão, não o possa fazer no dia das eleições.

Alexandre Favaios está convencido que a existência de um dia alternativo para a votação até pode contribuir para “combater a abstenção”, porque “muitas vezes, por diferentes motivos, pessoais ou profissionais, as pessoas não podem votar” no dia oficial.

Na Escola Secundária Camilo Castelo Branco estão instaladas cinco mesas de voto. Três delas para os votantes recenseados no distrito de Vila Real e duas para os de outros distritos. O autarca considera que a estratégia foi “a adequada”, tendo que, exceto o final da manhã, que registou fila e um tempo de espera de meia hora na mesa nº 4, “não houve mais pressão sobre as diferentes mesas”.

Texto: Eduardo Pinto

Mais 45.569 casos e 30 mortes por Covid-19 em Portugal. Internamentos disparam

Portugal regista este domingo mais 45.569 casos de Covid-19 e 30 óbitos provocados pela doença. Segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS), há este domingo mais 192 pessoas internadas em enfermaria, num total de 2219, e mais seis pessoas internadas em unidades de cuidados intensivos (UCI), que são agora 160.

CONSULTE AQUI O ÚLTIMO BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

O boletim indica também que há este domingo mais 10.571 pessoas recuperadas da doença, mas também mais 34.968 casos ativos, o que eleva o total de casos ativos para 489.789.

LER MAIS

PSP não controlou trânsito em desfile da CDU em Lisboa e João Oliveira pede explicações à Câmara

O dirigente comunista João Oliveira pediu este domingo explicações à Câmara Municipal de Lisboa por a PSP não ter cortado o trânsito durante o desfile da CDU entre a Avenida Almirante Reis e o Largo da Graça.

Questionado pelos jornalistas sobre a razão pela qual a polícia não controlou o trânsito durante o desfile que cortou durante vários minutos algumas artérias da cidade, João Oliveira disse que a resposta a essa questão cabe à Câmara de Lisboa.

"Esse esclarecimento vai ter de ser, naturalmente, obtido entre a Câmara Municipal [de Lisboa] e a PSP. A comunicação foi feita às autoridades competentes que nessas matérias têm responsabilidade. Essa questão tem de ser esclarecida entre a Câmara e a PSP, para perceber qual foi o problema que houve", sustentou o membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, a meio do desfile.

LER MAIS

Máscaras irregulares e votação sem demora em Leiria

A votação decorre praticamente sem demora na Escola Básica 2/3 D. Dinis, pelas 15 horas, sem fila ou com pequenos tempos de espera ao ar livre. Há dois pontos de acesso ao recinto e um total de oito mesas de voto, com todas as condições para votar em segurança. Muito perto, na mesma rua, está instalado o outro posto para voto antecipado em Leiria, com mais quatro mesas de voto, na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais.

LER MAIS

"Não aceito lições da Catarina Martins." Costa diz que BE deve pedir desculpa aos portugueses

António Costa diz que não aceita lições de Catarina Martins e acrescenta que a coordenadora do Bloco de Esquerda devia pedir desculpa aos portugueses.

"O que todos sabem é que o PS é o único partido que dialoga com todos os portugueses. Percebo que partido que já em 2020, quiseram romper a unidade da esquerda precisem agora de arranjar um bode expiatório, mas agora a única coisa que o Bloco de Esquerda tem a fazer é mesmo pedir desculpa por ter rompido com a unidade de esquerda. Em 2020, quando não havia ainda um único português vacinado, quando a pandemia estava mesmo no pico, o BE, em vez de se manter junto ao PS e PCP, rompeu e ficou sozinho a votar com a direita. Portanto não aceito lições da Catarina Martins", explicou.

Catarina Martins afirmou no sábado que o PS é o único partido que não tem margem para o diálogo, mas o líder socialista lembra que foi o Bloco que rompeu com a geringonça no início da pandemia.

LER MAIS

Comunidade em França queixa-se de falta de campanha eleitoral e representatividade

Portugueses em França dizem sentir-se esquecidos na campanha eleitoral, com muitos eleitores a denunciarem pouca informação sobre candidatos e programas, assim como falta de representatividade, sem cabeças de lista dos maiores partidos a virem da comunidade.

"Os partidos vão gastar cerca de sete milhões de euros nesta campanha e eu gostaria que cada partido tornasse público quais foram as verbas que aplicaram para os dois círculos da emigração e que depois fizéssemos a divisão pelo número de eleitores. Parece-me que o investimento quase inexistente", afirmou Rui Ribeiro Barata, conselheiro das Comunidades Portuguesas em Estrasburgo, em declarações à agência Lusa.

LER MAIS

Voto das pessoas serve para definir "o que é que os Governos querem fazer"

O secretário-geral do PS defendeu este domingo que "as maiorias ou minorias" são "o fruto do voto das pessoas" e que o eleitorado é que define "o que é que os Governos querem fazer".

"As maiorias ou minorias é o fruto do voto das pessoas, o que é importante é o voto das pessoas e o voto das pessoas serve para quê? Para o que é que os Governos querem fazer", afirmou António Costa.

LER MAIS

CDS teme aumento da abstenção por medo e vai "lutar até ao fim" por bom resultado

O presidente do CDS-PP teme um aumento da abstenção por parte de eleitores que não queiram votar por medo da pandemia de Covid-19, e garantiu que vai "lutar até o fim" para que o partido tenha um bom resultado.

"O que eu temo é que haja muitos portugueses que se abstenham de votar, quer hoje, quer daqui a uma semana", afirmou, em declarações aos jornalistas em Montalegre, distrito de Vila Real.

LER MAIS

Tavares apela a quem quer votar no Livre para que não sinta pressão do voto útil

O dirigente Rui Tavares apelou este domingo ao eleitorado que esteja a pensar votar no Livre para que não sinta "a pressão do voto útil" numa altura em que PS e PSD se aproximam nas sondagens.

"É essencial que todas as pessoas que desejam votar no Livre, que viram que o Livre trouxe conteúdo politico aos debates, que entendem a necessidade de o Livre estar no parlamento, representado da forma mais ampla possível, desejavelmente com um grupo parlamentar, que não deixem de o fazer", apelou Rui Tavares, que esta manhã esteve numa ação de campanha na Serra de Carnaxide, concelho de Oeiras.

LER MAIS

Rio diz que Costa está "a baixar os braços"

Rui Rio foi recebido, em Guimarães, por uma autêntica onda laranja. Começou este dia de voto antecipado com uma arruada em que afirmou que António Costa está a baixar os braços.

"O doutor António Costa já não consegue ir lá pela positiva, já, de certa forma, está a baixar os braços e então segue esta estratégia do votem em nós porque eles ainda são piores que nós. É esta a estratégia que está a seguir, mas nós não queremos seguir uma estratégia dessas, mas sim pela positiva, com propostas concretas", explicou.

O líder social-democrata acusa a campanha do PS de já não dar ideias.

"As poucas ideias que dá são a repetir aquilo que fez e não é famoso. Aquilo que António Costa tem feito é falar sobre as propostas, deturpando-as e dizendo o que nós não dizemos", acrescentou.

LER MAIS

Cidade universitária em rebuliço em dia de voto antecipado

A Cidade Universitária de Lisboa recebeu este domingo de manhã centenas de pessoas que optaram pelo voto antecipado para as eleições de 30 de janeiro, com a organização do sufrágio a ser elogiado pelos eleitores.

Num campus dividido por cores, a Faculdade de Direito era uma das mais concorridas. No interior, encontravam-se várias pessoas que esperavam para votar pelo círculo eleitoral de Lisboa.

LER MAIS

Costa afirma em Vila do Conde que o PS no Governo enfrenta o mar agitado

O secretário-geral do PS afirmou este domingo que os seus governos, tal como os pescadores de Vila do Conde, fizeram-se ao mar agitado, enfrentaram a estagnação e a crise pandémica e não esperaram pela conjuntura de "vacas gordas".

Estas palavras foram proferidas por António Costa no final de uma arruada intensa, com apoiantes eufóricos, nas ruas das Caxinas de Vila do Conde, onde voltou a prometer que o seu Governo, logo que o Orçamento para 2022, vai pagar o aumento extraordinário das pensões com efeitos retroativos a janeiro.

LER MAIS

Cotrim Figueiredo pede votos na IL em vez de desejos de sorte em Setúbal

O presidente da Iniciativa Liberal (IL) foi este domingo ao Mercado do Livramento, em Setúbal, pedir que os desejos de sorte se transformem em votos e garantir que recusará um Governo de bloco central por ser "mau" para Portugal.

Entre as muitas bancas que visitou, João Cotrim Figueiredo parou na da peixeira Piedade que, depois de lhe perguntar se a campanha estava a correr bem, lhe desejou sorte para os dias que faltam.

LER MAIS

Livre subiu à Serra de Carnaxide para apelar à preservação da natureza

Uma pequena comitiva do Livre subiu este domingo ao alto da Serra de Carnaxide, em Oeiras, apelando à sua preservação face à crescente urbanização na zona e defendendo um modelo de desenvolvimento com a natureza e não contra esta.

Numa manhã fria mas de sol, o dirigente e fundador do Livre Rui Tavares e cerca de duas dezenas de apoiantes percorreram vários trilhos da Serra de Carnaxide, que abrange o concelho de Oeiras, mas também Amadora e Sintra, numa ação de campanha para as legislativas de 30 de janeiro e antes de Tavares se deslocar à Cidade Universitária, em Lisboa, para votar antecipadamente.

LER MAIS

PAN critica políticos que perseguem beneficiários de apoios sociais

A líder do PAN, Inês Sousa Real, criticou este domingo os políticos que fazem "alguma perseguição" aos beneficiários de apoios sociais, assinalando que o Rendimento Social de Inserção (RSI) representa "apenas 1% da despesa da Segurança Social".

"Numa sociedade civilizada, em que damos valor à vida humana e à dignidade da pessoa humana, não nos faz sentido que existam discriminações e, até, voltarmos a tempos em que acabamos por ter, de alguma forma, alguma perseguição a quem está a receber o RSI", afirmou.

LER MAIS

Viseenses aproveitam hora de almoço para votar

A votação antecipada está a decorrer com normalidade em Viseu e nem a hora de almoço afastou os eleitores de exercer o seu direito de voto. Na Escola da Ribeira, onde foram instaladas oito mesas de voto, há algumas filas para votar, mas o processo está a decorrer com rapidez, ao contrário do que aconteceu nas eleições presidenciais.

Há um ano havia apenas uma fila para votar. Desta vez são oito as filas, uma por cada mesa de voto, o que facilita tudo na hora de votar. Cada fila tem um corredor próprio e marcas no chão. Quem chega à escola consulta as listagens que estão na entrada e depois segue caminho para a sua secção. Os cidadãos não esperam mais de 15 minutos.

LER MAIS

Catarina Martins defende que "voto é seguro" este domingo e no dia das eleições

A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu que o "voto é seguro" quer este domingo quer daqui a semana, no dia das eleições, apelando a todos os que se inscreveram para votar antecipadamente o façam.

No final de uma visita ao Mercado de Santana, na zona das Caldas da Rainha, distrito de Leiria, Catarina Martins foi questionada pelos jornalistas sobre o voto antecipado nas eleições legislativas da próxima semana, que decorre hoje durante todo o dia.

LER MAIS

Catarina Martins diz que "era bom que o PS mudasse de agulha"

A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu este domingo que "era bom que o PS mudasse de agulha" porque a estratégia de "queimar pontes à esquerda" e pedir a maioria absoluta "acaba por abrir caminho à direita" nestas eleições.

No oitavo dia de campanha, a caravana do BE chegou ao Mercado de Santana, na zona das Caldas da Rainha, uma feira semanal onde Catarina Martins nunca tinha estado e onde foi questionada pelos jornalistas sobre as recentes sondagens.

LER MAIS

Voto antecipado a conta-gotas em Mirandela com temperaturas negativas

Nas quatro mesas de voto instaladas no Pavilhão da Reginorde, em Mirandela, no distrito de Bragança, estão inscritos 501 eleitores para o voto antecipado em mobilidade, um aumento de 26 por cento quando comparado com o voto antecipado nas eleições presidenciais de 2021, também em tempo de pandemia.

LER MAIS

CDS acusa PS e Costa de serem "repelente para empresários"

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, acusou no sábado o PS e o primeiro-ministro de serem "um repelente para os empresários e um travão ao investimento estrangeiro", apontando que isso justifica "atraso económico" de Portugal.

"O PS e António Costa são um repelente para os empresários e um travão ao investimento estrangeiro", afirmou.

LER MAIS

Abolir dia de reflexão? "Não é uma questão essencial"

Questionado sobre se faz ou não sentido manter o dia dia de reflexão, António Costa disse que é uma matéria sobre a qual a Assembleia da República tem de se pronunciar.

"Não é uma questão essencial. Essencial é criarmos condições para que as pessoas possam votar. Vamos criando condições de confiança nestes projetos-piloto que foram feitos para que seja possível haver um voto presencial, ainda que seja fora do local onde a pessoa está recenseada", sublinhou.

Mais de 315 mil eleitores podem votar este domingo em mobilidade

Mais de 315 mil eleitores que se inscreveram para votar antecipadamente para as legislativas podem fazer este domingo as suas escolhas, com as autoridades de saúde a recomendar cuidados como usar máscara cirúrgica e usar a própria caneta.

A utilização de máscara cirúrgica ou máscara FFP2, a desinfeção das mãos, manter o "afastamento recomendado" enquanto se aguarda a vez de votar e usar uma caneta própria para votar são algumas das medidas recomendadas pela da Direção-Geral de Saúde para evitar o contágio pelo SARS-CoV-2.

LER MAIS

"Combater a abstenção." Costa "animado e confiante" apela a portugueses para irem votar

Em declarações aos jornalistas depois de votar, António Costa apela a todos os que estão inscritos para votar antecipadamente para que não falhem a ida às urnas.

"A participação no ato eleitoral é o ato mais importante da vitalidade democrática e queria apelar a todos os portugueses para exercerem o seu dever cívico. Estão criadas as condições para que todos possam votar em segurança. Queria agradecer a todas as pessoas que, voluntariamente, estão a assegurar o funcionamento, por todo o país, nas assembleias de voto. O voto em mobilidade é uma forma de combater a abstenção.

Esperemos que, um dia, o voto em mobilidade possa ser no próprio dia das eleições. Para mim foi um privilégio ter vindo votar ao Porto", pediu Costa.

O secretário-geral do PS confessou que parte para esta última semana de campanha eleitoral "muito animado e confiante".

"Sinto que as pessoas percebem o que está em causa nestas eleições, o que tem a ver com melhoria de rendimentos, redução efetiva dos impostos que as pessoas pagam e, sobretudo, a vontade de enfrentarmos coletivamente e, de uma vez por todas, aquela que esperamos ser a última vaga da Covid-19", acrescentou.

LER MAIS

Quase duas mil pessoas inscritas para voto antecipado em Viana do Castelo

No Centro Cultural de Viana do Castelo estão inscritas mais de 1900 pessoas, boa parte de outras zonas do país, incluindo as ilhas. Georgina Marques, responsável pelo gabinete eleitoral, explicou que o número surpreende por dois motivos.

LER MAIS

"Não é preciso dar exemplos a ninguém." João Oliveira vota antecipadamente em Évora

João Oliveira votou antecipadamente em Évora, pouco antes das 9h, e disse aos jornalistas que deseja que este dia de voto antecipado possa decorrer com tranquilidade.

"Esperamos que a participação no ato eleitoral se verifique. Organizei-me familiarmente para ainda ter algum tempo com os meus pais, a minha filha e a minha companheira, além de que votar em Évora é um gosto redobrado", explica o representante da CDU.

O deputado reconhece que votar antecipadamente é um processo mais complexo do que aquele que vai acontecer no dia 30.

"A estas horas da manhã é sempre mais difícil porque ainda se está a começar. É um número significativo [de inscritos] e revela a vontade de participar. O recurso a esta facilidade é revelador de alguma vontade de participação no ato eleitoral. Esperemos que dia 30 seja o grande dia de participação no ato eleitoral", afirma.

Questionado sobre se os líderes partidários deviam todos dar o exemplo e votar antecipadamente, João Oliveira defende que não é preciso "dar exemplos a ninguém".

"Só é preciso que cada um decida votar da forma que lhe der mais segurança. Sobretudo é essa a mensagem que deve ser passada. Não tem de haver critério para essa decisão", acrescenta o cabeça de lista da CDU em Évora.

LER MAIS

António Costa vota antecipadamente no Porto

O secretário-geral do PS votou antecipadamente às 9h45, no Pavilhão Rosa Mota, no Porto, acompanhado por Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal da cidade.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG