"Não estamos a pensar em eleições, mas se tivermos de ir não é isso que nos amedronta"

O líder parlamentar do PCP, João Oliveira, acredita que até à discussão na generalidade o Governo pode melhor a proposta orçamental.

PorTSF
© Gerardo Santos/Global Imagens

O líder da bancada parlamentar do PCP, João Oliveira, garante que os comunistas não estão a pensar em eleições. Questionado na SIC Notícias sobre as negociações do Orçamento do Estado, o deputado comunista lembrou que este não é o momento de discutir eleições.

"Não estamos a pensar em eleições, mas se tivermos de ir a eleições não é isso que nos amedronta. A questão essencial é que não estamos neste momento a discutir isso. Houve de facto algumas declarações que precipitaram essa discussão, mas o momento em que estamos é o de construir soluções para resolver os problemas do país", garantiu João Oliveira, que adiantou as áreas que o PCP quer negociar no Orçamento.

"Salários, pensões, cresce gratuitas, habitação, fixação de profissionais no interior. Há um conjunto de matérias nas quais identificamos uma resposta que é preciso ser dada, não apenas em relação às necessidades do país, mas ao futuro que queremos", assinalou.

O líder parlamentar do PCP acredita que será possível discutir e alterar o Orçamento do Estado, com vista à sua viabilização, evitando a crise política. "Até à discussão na generalidade, o Governo ainda tempo, tem espaço, tem condições para dar uma resposta que até agora não às questões que temos vindo a colocar."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG