Rodrigues dos Santos diz que procurar "CDS fora do CDS" é "comprar gato por lebre"

Líder do CDS-PP lembra ao Chega e à Iniciativa Liberal que o partido está "bem vivo" e "há 50 anos já cá estava".

PorLusa
© Manuel de Almeida/EPA

O presidente centrista alertou esta sexta-feira que procurar "o CDS fora do CDS" é "comprar gato por lebre", num discurso com críticas ao Chega e à Iniciativa Liberal, salientando que o seu partido é "o original" e os outros "a cópia".

"É muito importante que estes dois partidos que chegaram agora saibam que há 50 anos já cá estava o CDS", afirmou Francisco Rodrigues dos Santos no comício de encerramento da campanha eleitoral para as eleições legislativas de domingo.

Em Lisboa, num palco montado em frente à sede do partido, no Largo Adelino Amaro da Costa, o líder centrista acusou Iniciativa Liberal e o Chega de "copiarem o CDS" em "tudo aquilo que são decentes".

"Eles são cópia, nós somos o original, e nós estamos cá, bem vivos, para continuar a defender as nossas bandeiras de sempre", criticou.

E alertou que "aqueles que procuram o CDS fora do CDS estão a comprar gato por lebre, estão a comprar partidos que votam ao lado da extrema-esquerda no aborto, na eutanásia, na regionalização, nas drogas, na prostituição e no cancelamento cultural".

Ouça a reportagem de Filipe Santa-Bárbara.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

"E estão a votar em partidos extremistas que defendem aquilo que um bom cristão nunca pode defender em Portugal", acrescentou.

LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS 2022

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG