Se "é canja" no Porto, Rio quer repetir a dose de 1909 contra um PS que "merece perder"

Líder social-democrata garante que só o voto no PSD impede a continuidade de António Costa como primeiro-ministro.

PorGonçalo Teles
© Mário Cruz/Lusa

"Não salto que a varanda pode cair!" Rui Rio gostou da festa que viu esta tarde no Porto durante a arruada do PSD, mas não quis entusiasmar-se demasiado. Ainda assim, foi dessa mesma varanda que ouviu palavras de ordem que fez questão de repetir: "É canja, é canja, o Porto é laranja!"

Perante uma multidão a quem fez questão de sublinhar o "muito gosto, honra e orgulho" por ter presidido à câmara da cidade, Rui Rio aproveitou para, uma vez mais, puxar da História, embora os olhos estejam postos no futuro próximo.

"Não sei se sabem, mas na História de Portugal só por uma vez um presidente da câmara do Porto chegou a primeiro-ministro. Foi em 1909. Centro e treze anos depois, um antigo presidente da câmara do Porto pode chegar novamente a primeiro-ministro", assinalou.

A campanha eleitoral, destacou, foi feita "pela positiva", com divulgação de ideias e críticas às opções contrárias, "mas nunca mentindo sobre o adversário", pelo que os sociais-democratas "podem ter orgulho".

O PS optou por uma campanha "que tratava de deturpar" as ideias do PSD, acusa novamente Rio, baseada na "mentira", pelo que "merece perder".

Este domingo, garante Rio, votar no PSD é votar contra a continuidade de António Costa como primeiro-ministro e a favor do "único partido capaz de ganhar ao PS".

Ouça a reportagem de Sónia Santos Silva.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

Seguiram-se gritos de "vitória" na rua, mas da varanda Rio via "o que mais ninguém conseguia ver", uma moldura humana como não se lembrava de ver em eleições: "Talvez já tenha havido, mas eu sinceramente não me lembro."

Vladimiro Feliz, Paulo Rangel, Luís Filipe Menezes, José Pedro Aguiar-Branco, José Silvano e Sofia Matos estiveram presentes na iniciativa e Rio gostou do que viu.

LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS 2022

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG